download (3).jpg

Organização Intergovernamental da Missão das Forças de Manutenção da Paz das Nações Unidas. O objetivo da Missão é facilitar a comunicação e a troca de informações entre os centros de manutenção da paz e outros centros de treinamento relacionados e / ou entre as pessoas responsáveis ​​e interessadas no treinamento de manutenção da paz. Instrutores e educadores de manutenção da paz usam essas informações para evitar problemas já encontrados por outros, promover práticas comprovadas e fornecer informações ou oferecer serviços para os países que não têm centros de treinamento. Espera-se que essa troca de informações permita aos centros minimizar a duplicação de esforços e leve a uma maior especialização e compartilhamento de responsabilidades.

 

A associação à UNIGO está aberta a indivíduos, agências e organizações engajadas em pesquisa, educação e treinamento em manutenção da paz. Os participantes da conferência anual serão considerados membros atuais da UNIGO.

A participação em uma conferência anual da UNIGO se destina a incluir a administração ou funcionários de organizações com responsabilidade pela educação e treinamento de indivíduos ou grupos que se preparam para a paz, resposta a crises ou operações humanitárias - militares, policiais, civis, conjuntos ou acadêmicos; ou estão envolvidos em atividades de pesquisa relacionadas a essa educação e treinamento; ou ocupar cargos de responsabilidade por tal educação, treinamento e pesquisa no governo, organizações internacionais e regionais, agências da ONU ou em ONGs com interesse demonstrado em treinamento de manutenção da paz. "

Durante a reunião do comitê executivo da UNIGO em novembro de 2013, o grupo considerou a questão da adesão à UNIGO. A participação nas onze Conferências Anuais até o momento (2013 - 2015) tem variado significativamente, principalmente devido ao tema de cada conferência. A conferência de 2013, por exemplo, enfocou o treinamento da Cooperação Civil-Militar (CIMIC) e, portanto, atraiu, além de pessoal de vários centros de treinamento que lidam com este assunto, muitos especialistas CIMIC de várias organizações e quartéis-generais militares em todo o mundo. Além de uma mudança na frequência anual, muitos participantes anteriores foram indivíduos que representam governos ou instituições, com pouco ou nenhum interesse em membros, mas sim em discutir o assunto do momento.

A Comissão Executiva, como resultado das discussões de 2013, propôs à Assembleia Geral Anual de 2013 que o secretariado continuasse a manter uma base de dados de presenças ao longo dos anos; que todas as instituições de educação e treinamento em operações de paz são automaticamente consideradas membros da UNIGO, e que haja adesão formal à UNIGO; ou seja, lista estabelecida de organizações e indivíduos. Aqueles que participarem da reunião anual serão considerados membros da atual associação UNIGO e, portanto, serão capazes de participar da sessão dos membros na reunião anual para considerar as questões de gestão e desenvolvimento da UNIGO.